“Se ignorarmos a Bíblia, ignoramos a vontade de Deus”, diz Billy Graham

Evangelista americano respondeu leitor que estava com dificuldades de ler a Bíblia e orientou sobre como alcançar objetivo.

31-05-2017 | Atualizada em 31/05/2017 18:25

Rosto de Billy Graham.

Evangelista Billy Graham durante pregação da Palavra de Deus.

Em resposta a um leitor do Daily News Bouling Green, o famoso evangelista americano Billy Graham alertou sobre o desinteresse pela leitura da Bíblia Sagrada. “Se formos ignorantes da Palavra de Deus, seremos sempre ignorantes da vontade de Deus”, disse Graham.

O leitor afirmou em um comentário que sentia dificuldade de ler a Bíblia e que mesmo tendo estabelecido a leitura do Livro Sagrado como meta para este ano acabou não conseguindo cumprir.

Graham alertou o leitor que o desinteresse pela leitura devocional da Bíblia é uma consequência do desinteresse em conhecer a vontade de Deus. O ministro de 98 anos disse ainda que Deus deseja trabalhar na vida das pessoas, como nos tempos bíblicos.

“Assim como Deus trabalhou na vida das pessoas naquele tempo, Ele quer trabalhar em nossas vidas hoje”, disse o evangelista.

O fundador da Associação Evangelística Billy Graham afirmou que apesar das diferenças culturais dos tempos bíblicos, os personagens viviam os mesmos problemas e dúvidas que enfrentamos hoje.

“Eles viviam em um mundo diferente, mas tinham os mesmos problemas e dúvidas que temos. A Bíblia fala sobre isso: ‘Essas coisas aconteceram a eles como exemplos e foram escritas como advertência para nós, sobre quem tem chegado o fim dos tempos (1 Coríntios 10:11)’”, afirmou Graham.

Ainda tratando do tema, Graham explicou que no caso de pessoas que se perdem na leitura bíblica, a melhor solução é o planejamento, seguindo um plano de leitura.

“Em vez de começar no início (como fazemos com outros livros), eu sugiro que você comece no centro — com um dos Evangelhos que falam sobre Jesus”, orientou.

Billy Graham também lembrou que sendo a Bíblia um livro espiritual, o leitor deve pedir ajuda divina para ler e entender os acontecimentos, como também para perceber o significado espiritual daquela passagem.

“Peça a Deus para te ajudar enquanto você lê — não apenas para entender o que está acontecendo em uma determinada passagem, mas para perceber o que isso significa em sua vida hoje”, acrescentou Graham.

Graham concluiu o seu ensinamento tomando como exemplo a vida de Jó, que orou a Deus pedindo para que os mandamentos não se afastassem dele.

“A atitude de Jó pode se tornar a sua: ‘Não me afastei dos mandamentos dos seus lábios; dei mais valor às palavras de sua boca, do que ao meu pão de cada dia (Jó 23:12)’”, concluiu Billy Graham.

SEU COMENTÁRIO