Pastor Marco Feliciano faz críticas a novela da Rede Globo

Parlamentar criticou novela “A força do querer” por atacar a família.

14-09-2017 | Atualizada em 15/09/2017 09:06

Deputado federal Marco Feliciano

Marco Feliciano durante discurso na Câmara dos Deptuados.

O pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC/SP) gravou um vídeo no qual faz críticas a novela “A força do querer”, da Rede Globo.

No vídeo compartilhado no Facebook o pastor afirma que a novela é um ataque a família, pois faz apologia ao crime, ao adultério, aos jogos e promoção da ideologia de gênero.

O parlamentar usou um texto assinado pela Associação Pais & Filhos do Brasil para criticar a emissora carioca.

“A Rede Globo em parceria com as instituições do crime organizado está oferecendo curso de gerenciamento de boca de fumo, traficantes, golpes em geral, tudo isso gratuitamente”, criticou Feliciano.

A novela das nove transmitida pela Rede Globo tem recebido acusações de apologia ao crime e aborda a temática da disforia de gênero.

Na trama escrita por Gloria Perez a atriz Juliana Paes interpreta “Bibi Perigosa”, que entrou para o crime após se casar com um traficante.

A autora investe em temas variados como transexualidade, vício em jogo, ditadura do corpo perfeito, sereismo, entre outros assuntos.

Em sua crítica a novela das nove o parlamentar chega a usar um tom de ironia ao afirmar que são verdadeiras “teleaulas” passadas de segunda a sábado.

“Quer aprender a atrair o marido ou a esposa? Quer virar viciado em jogos clandestinos? Quer ser patrão do tráfego ou gerente? Quer virar mulher de bandido? Quer incentivar o seu filho ou sua filha a ser gay ou lésbica?”, questiona Feliciano. “Pois bem! Na Rede Globo você tem todos esses cursos gratuitamente”, ironiza.

A novela também traz a personagem Ivana, que na trama não aceita o fato de ter nascido mulher e faz uma transição para tentar virar homem.

Feliciano acusa a novela de usar a personagem para fazer apologia a Teoria de Gênero.

O líder evangélico tornou-se um dos principais opositores aos avanços de ideologias contrárias a família e a cultura judaico-cristã.

Na Câmara dos Deputados enfrentou perseguição e chegou a se tornar um dos inimigos públicos de ativistas de esquerda.

Assista:

REDE GLOBO DISPONIBILIZA GRATUITAMENTE DE SEGUNDA À SÁBADO "CURSOS PARA BANDIDOS" – ASSISTA, CURTA E COMPARTILHE!

Posted by Marco Feliciano on Thursday, September 14, 2017

 

SEU COMENTÁRIO