Família de Neto celebra seu retorno para casa: “Deus é amor”

O zagueiro Neto foi o último sobrevivente da queda do voo da Chapecoense a voltar para o Brasil após receber socorro em hospital da Colômbia.

16-12-2016 | Atualizada em 16/12/2016 20:31

O zagueiro Neto em no período de recuperação em hospital na Colômbia.

Foram mais de três semanas de internação no Hospital San Vicente Fundación, na Colômbia, até que na tarde desta quinta-feira (15) o jogador Neto voltou para o Brasil.

A família do zagueiro celebrou a notícia e o irmão do atleta, Leonardo Zampier, agradeceu a Deus por ser irmão estar vivo e poder voltar para casa.

“Deus é amor. E amor foi o que senti aqui de todos que o ajudaram, sejam com suas habilidades, sejam com suas orações, sejam os nativos daqui ou de qualquer lugar do mundo”, comentou nas redes sociais.

“Aqui vão meus agradecimentos a Deus e a esses anjos da guarda que cuidaram tão bem do meu irmão aqui na Colômbia”, completou o irmão do zagueiro.

Neto foi o último dos quatro sobreviventes brasileiros do acidente com o avião da empresa Lamia a retornar ao Brasil.

A queda do avião aconteceu em 29 de novembro deixando 71 mortos e seis feridos. Neto foi resgatado pelo policial Marlon Lengua, que o encontrou quando as buscas por sobreviventes do acidente aéreo já estavam suspensas.

Ao chegar em Chapecó, Neto foi recebido por torcedores da Chapeconese que cantavam “o campeão voltou”, exibindo cartazes com mensagens de fé, amor e esperança.

O zagueiro ficará pelos próximos dias internado no Hospital da Unimed, mesmo hospital onde estão outros dois sobreviventes: o jornalista Rafael Henzel e o lateral Alan Ruschel.

O goleiro Jackson Follmann, também sobrevivente, está internado em São Paulo desde segunda-feira e deve ser levado para Chapecó neste final de semana.

Zagueiro Neto agradece

Em um vídeo divulgado na última quinta-feira (15) Neto aparece na maca agradecendo a Deus pelo trabalho realizado pela Airplan, a operadora do Aeroporto Internacional José María Córdova, da Colômbia.

“Quero agradecer a todos do Airplan pela ajuda, pelos voluntários. Sou grato a Deus pelo trabalho que vocês fazem, agradeço muito a vocês pela ajuda que me deram. Muito obrigado, Deus abençoe a todos, que vocês continuem fazendo esse trabalho, que é maravilhoso para quem necessita, como eu necessitei. Grande abraço a todos”, disse Neto.

Por muitos dias a situação clínica do zagueiro preocupou a equipe médica, pois durante a internação na Colômbia ele precisou ser sedado para combaterem uma infecção pulmonar que piorou seu estado de saúde.

SEU COMENTÁRIO