Lula se faz de vítima e diz que só Jesus ganha dele no Brasil

Em entrevista coletiva Luiz Inácio Lula da Silva criticou Ministério Público e imprensa após ter sido denunciado por crimes de corrupção.

15-09-2016 | Atualizada em 10/04/2017 13:50

O ex presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante entrevista coletiva.

Acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de chefiar um mega esquema de corrupção, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou nesta quinta-feira (15) proferindo criticas ao MP e atacando à imprensa. Em meio ao discurso inflamado o ex-presidente afirmou que somente Jesus Cristo ganha dele quando o assunto é uma histórica pública honesta.

“Eu tô falando como cidadão indignado, como pai, como avô, como bisavô, eu tenho uma história pública conhecida. Acho que só ganha de mim aqui no Brasil Jesus Cristo. Pense num cabra conhecido e marcado neste país”, disse Lula em tom de vitimismo.

Durante o evento do diretório do Partido dos Trabalhadores (PT) em São Paulo, o ex-presidente negou as irregularidades a qual está sendo acusado pelo MP e afirmou que ganhou o direito de “andar de cabeça erguida” no país. Lula chegou a chorar em alguns momentos do discurso.


Curso Livre de Bacharel em Teologia 100% a Distância e Sem Mensalidades.


Apesar de afirmar que seu discurso não seria político, mas que falaria como um cidadão indignado, sua fala foi extremamente politizada, chegando a fazer propaganda dos feitos do PT e reforçando o discurso de que o impeachment de Dima Rousseff foi um golpe.

A força-tarefa da Operação Lava Jato decidiu denunciar Lula, Marisa Letícia e mais seis pessoas pelos crimes de corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro. O procurador Deltan Dallagnol também acusa Lula de ser o “comandante máximo do esquema de corrupção identificado na Lava Jato”.

Segundo o procurador, Lula teria recebido propinas por meio da reserva e reforma de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo, e através do custeio do armazenamento de seus bens. O procurador afirma que há 14 conjuntos de evidências contra o ex-presidente, que comprovaria que ele foi o “maior beneficiário do esquema”.

Na denúncia o MP identifica que todo o mega esquema de corrupção teria envolvido valores acima de R$ 6 bilhões em propina, gerando um prejuízo de R$ 42 bilhões a Petrobras. Lula teria sido beneficiado com pelo menos R$ 3,7 milhões da OAS, uma das empreiteiras envolvidas no escândalo de corrupção.

Durante sua fala Lula não tentou explicar seu envolvimento com o mega esquema de corrupção, tão pouco rebateu as 149 páginas da denúncia apresentada pelos procuradores Deltan Dallagnol e Roberson Henrique Pozzobom, mas se dirigiu aos militantes do PT. Lula finalizou seu discurso conclamando a militância a usar o vermelho e a estrela do partido.

COMPARAÇÕES INFELIZES

Além da comparação com Jesus Cristo, Lula afirmou que não existe outra profissão mais honesta do que a do político. Ele também desafiou: “Prova uma corrupção minha que irei a pé ser preso”. Além de chamar de “show pirotécnico” e de “espetáculo” a acusação do MP.

Lula já havia feito comparações infelizes sobre sua ‘honestidade’ em outras ocasiões, quando disse não haver no Brasil ninguém mais honesto e afirmar que seu corpo estaria “mais arrebentado que o corpo de Jesus Cristo depois de tantas chibatadas”.

Durante campanha política em 2010, quando foi padrinho político de Dilma Rousseff para a presidência, Lula comparou a tortura que Dilma teria sofrido durante o Regime Militar com a tortura que Jesus sofreu.

Em 2014, quando participava de comícios para reeleger Dilma, o ex-presidente atacou a oposição afirmando que eles eram mais intolerantes que Herodes, que mandaram matar Jesus Cristo.  Voltaria a usar a analogia quase uma ano depois, quando o avanço da Operação Lava Jato levou os primeiros colegas de partido para a cadeia.

Eu lembro quando Herodes mandou marcar todas as crianças. E Maria e José tiveram que fugir com Jesus Cristo. Ele ficou 30 anos que a gente não sabe o que aconteceu na vida dele. Quando ele voltou, em três anos transformou a história da humanidade. E o que fizeram com ele? Crucificaram”, disse.

SEU COMENTÁRIO