Cientistas israelenses descobrem o dia exato em que o “sol parou”

Dados da NASA foram utilizados para explicar o eclipse que coincide com data precisa da batalha de Josué, quando Bíblia relata que o sol parou.

20-01-2017 | Atualizada em 20/01/2017 09:40

Josué comandando o Sol

Josué comandando o Sol para permanecer em Gibeão - Wikipedia.

A passagem bíblica de Josué 10:12 que narra que Josué orou e o sol parou ganhou uma explicação científica e através de dados da NASA interpretados por cientistas israelenses.

O resultado é da pesquisa feita por três cientistas da Universidade Ben Gurion, em Beer Sheva (Berseba -Israel), que descobriram que a batalha épica relatada na Bíblia aconteceu.

Segundo eles, a batalha ocorreu no dia 30 de outubro de 1207 a. C., na data se refere a um eclipse solar, quando a Lua passa entre o Sol e a Terra, bloqueando a luz solar.


Curso Livre de Bacharel em Teologia 100% a Distânci.


Essa seria a explicação para o que lemos nos versículos: “Então Josué falou ao Senhor, no dia em que o Senhor deu os amorreus nas mãos dos filhos de Israel, e disse na presença dos israelitas: Sol, detém-te em Gibeom, e tu, lua, no vale de Ajalom. E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Isto não está escrito no livro de Jasher? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro.” Josué 10:12,13.

Nos estudos feitos pelos cientistas israelenses, o sentido real não é o sol parar, mas sim ficar escuro o que indicaria um eclipse solar.

O Dr. Hezi Yitzhak, líder da equipe multidisciplinar, descobriu que ocorreu apenas um eclipse solar total naquela região entre os anos 1500 e 1000 a.C. Esse é o mesmo período que a arqueologia mostra que os israelitas chegaram naquela região.

Foi assim que eles conseguiram identificar a data que a batalha ocorreu com precisão, usando dados da NASA sobre os eclipses.

O resultado dessa pesquisa foi publicado na edição mais recente da publicação científica “Beit Mikra: Revista de Estudo da Bíblia e seu mundo”. No artigo Yitzhak afirma que eles conseguiram identificar o local onde eles acreditam que a batalha aconteceu.

Além disso, traçaram com precisão a rota de 30 quilômetros que Josué e os seus homens teriam caminhado durante a noite para alcançar Gibeom, ao norte de Jerusalém, e seu acampamento em Gilgal, na porção oriental de Jericó.

Dia em que sol parou

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores também levaram em consideração outras histórias antigas onde uma divindade para o sol. A diferença é que o relato bíblico também cita a lua, sendo esse detalhe que os levaram à conclusão de que se tratava de um eclipse solar.

“Nem todo mundo gosta da ideia de usar a física para provar as coisas da Bíblia. Eu sei que isso pode ser interpretado como se você quisesse justificar sua fé”, sublinhou Yitzhak.

“Nós não reivindicamos que podemos provar como tudo na Bíblia aconteceu, mas há registros de história e evidências arqueológicas por trás disso”, diz o pesquisador.  Com informações Times of Israel.

SEU COMENTÁRIO