Apoio de Bolsonaro e evangélicos é destaque na imprensa de Israel

Uma reportagem do jornal israelense The Times Of Israel destacou as campanhas realizadas no Brasil em apoio a Israel para pressionar o governo a transferir a embaixada do país de Tel Aviv para Jerusalém, reconhecendo a cidade como capital do país, a exemplo do que fez os Estados Unidos. Na reportagem a jornalista Viviane Vaz […]

30-05-2018 | Atualizada em 30/05/2018 18:08

Jair Messias Bolsonaro durante palestra (Udo Kurt via JTA).

Uma reportagem do jornal israelense The Times Of Israel destacou as campanhas realizadas no Brasil em apoio a Israel para pressionar o governo a transferir a embaixada do país de Tel Aviv para Jerusalém, reconhecendo a cidade como capital do país, a exemplo do que fez os Estados Unidos.

Na reportagem a jornalista Viviane Vaz também destacou a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL-RJ) como “o Trump do Brasil” (Brazil’s Trump), por causa da promessa do pré-candidato de mudar a embaixada brasileira se for eleito presidente do país nas eleições que acontecem em outubro.

A reportagem com o título “Enquanto os evangélicos pedem para mudar de embaixada, ‘o Trump do Brasil’ diz que o fará se eleito”, destacou ainda campanhas realizadas por pastores e políticos evangélicos pedindo a mudança da embaixada do país, em reconhecimento do status de Jerusalém como capital de Israel.

O jornal mencionou em sua reportagem as petições online promovidas por pastores e entidades pedindo que o governo reconheça Jerusalém como capital de Israel. O pastor Joel Engel foi um dos líderes que promoveu uma petição pública pedindo a transferência da embaixada, assim como a Associação Sionista Brasil-Israel (ASBI).

Engel tem ganhado destaque na imprensa israelense por conta de suas constantes manifestações de apoio ao Estado de Israel. Nos últimos anos ele tem promovido diversos estudos, artigos e campanhas em favor da comunidade judaica, inclusive participando de encontros com autoridades israelenses.

A iniciativa do deputado federal Roberto de Lucena (PODE/SP) de enviar uma carta ao presidente Michel Temer, solicitando que o Brasil ingressasse no crescente quadro de países a transferindo suas embaixadas para Jerusalém, também foi destaque na reportagem.

Apoio a Israel

O anúncio do parlamentar foi feito durante as comemorações pelos 70 anos de “Renascimento e declaração do Estado de Israel”, organizado pela Frente Parlamentar Evangélica. Na ocasião, o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, ficou surpreso com o anúncio, segundo informou o deputado.

“Noventa por cento da população brasileira é composta de cristãos, pessoas que têm um [forte] vínculo com Israel. Se o governo fizesse um referendo, um grande número de brasileiros votaria a transferência da embaixada para Jerusalém devido a essa conexão, que é mais espiritual do que política”, disse o parlamentar.

Na Câmara dos Deputados uma comissão exclusiva tem sido formada para tratar das relações Brasil-Israel e atualmente a comissão possui cerca de 46 parlamentares. Com informações The Times Of Israel.

SEU COMENTÁRIO